terça-feira, 8 de agosto de 2017

UM NEGRO NÃO PODE SER ARTISTA
           





Um negro pode ser um bom desportista
Um negro deve correr abaixo de 10 segundos
Não importa se lavou prato ou carregou pedra
Um negro tem que ser bom de porrada
E derrubar os oponentes (todos negros)
No primeiro round – quem não se liga nisso?
Um negro pode ser um cavalo como ele fazer
Pequenos fretes em plena Avenida Paulista
De forma que cada executivo tenha aonde
Lançar o sorriso como quem se livra de um sofá
Com o fracasso do capitalismo financeiro
O negro não pode perder o espírito esportivo
Já não tem direito a cotas bolsa família 
Salário desemprego carteira assinada aposentadoria
Um negro tem de ser bom de bola
E não se perguntar pelo sentido da vida
Um negro tem que viver de brisa 
De cifras modestas como os poetas
Mas sem poder despertar sua vocação de artista



Ney Ferraz Paiva
Arthur Bispo do Rosário